Ela, publicitária

Archive for julho 2011

Para promover a rádio 91 Rock de Curitiba, a JWT criou uma ação bem diferente (e curiosa): a campanha Plug ‘N’ Play conta com um pôster de 7cm de espessura que convida o público a tocar sua guitarra no local de exibição e fazer um showzinho para quem estiver por lá.

Não seria nada de mais se a guitarra não fosse plugada no pôster (que possui uma versão compacta de auto-falantes embutidos no miolo), tornando-o o primeiro pôster amplificador do mundo.

A campanha foi feita em lojas de discos, bares e diversos outros pontos que utilizam “rock” como conceito.

(vi aqui).

A agência americana Moroch criou para o Mc Donald’s uma campanha bem…diferente (pelo menos é diferente de todas as campanhas do Mc que eu já vi).

Para mostrar a variedade de refrigerantes oferecida pela rede de Fast Food, o filme mostra um grupo de alienígenas que chegam na terra e descobrem 2 grandes tesouros: o Mc Donald’s e a sua máquina de refrigerantes. No fim, o líder toma um gole de Dr. Pepper e o comercial acaba com todos os alienígenas felizes da vida. Bem estilo “I’m Lovin’ It”.

(vi aqui).

Todo mundo conhece a briga entre a Coca-cola e a Pepsi (mais acentuada no exterior do que aqui). Em um novo round da discução, a Pepsi “sequestrou” os 2 personagens mais famosos da Coca: o Papai Noel e o urso polar.

Na campanha “Summer time is Pepsi time” (“verão é tempo de Pepsi”, em tradução livre), os 2 personagens aparecem de férias. O primeiro filme é do Papail Noel, que está na praia com seus duendes, curtindo a festa, o calor, as pessoas…Ele então se aproxima do balcão, onde é recebido pelo atendente com 2 garrafas de Coca. E aí vem a traição: ele rejeita as garrafas e pede uma Pepsi.

No segundo filme, o dos Ursos Polares, o “Tio Teddy” aparece animado em um Iate, tomando Pepsi, e convidando seus parentes para viajarem com ele, para aproveitarem o verão do jeito que deve ser.

Eu gosto desse tipo de propaganda, que ataca a concorrência na cara dura. Mas sabe né, de vez em quando. Uma peça, em uma campanha. Tudo bem que a concorrência entre a Pepsi e a Coca é muito mais acirrada nos EUA…mas fazer campanhas assim com frequência me passa a ideia de que a marca só consegue atrair atenção para o seu produto assim: atacando o concorrente.

Achei a campanha muito criativa, e pegou aquele ponto que a gente vive falando aqui no Brasil: você acha mesmo que a Sany toma Devassa, que a Xuxa usa Monange…e que o Papai Noel toma Coca?

(vi aqui).

O que não falta hoje em dia são redes sociais. Tem pra tudo: pra socializar com os amigos/conhecidos, dizer o que pensa em 140 caracteres, pra contatos profissionais, pra quem gosta de fotografia, pra quem gosta de ler…enfim, são muitas. Aproveitando essa moda, surgiu a Proust: uma rede social para você armazenar todos os seus melhores momentos.

Semelhante às redes já existentes, a Proust armazena fotos e mensagens. Mas o grande diferencial é que o site permite que você guarde todas essas lembranças na forma de um livro. Desde aquelas histórias que você ouvia quando era criança (sendo conto de fadas ou casos de família), aos desenhos, filmes, músicas, lugares que você visitou, pessoas que você conheceu.

Você também pode postar vídeos, adicionar locais favoritos no mapa e convidar amigos e familiares pra participarem também (claro, se não não seria uma rede social).

O vídeo explica mais sobre a rede. Muito bem feito, explica tudo de um jeito bem legal :)

Eu, sinceramente, não tenho mais paciência pra participar de redes sociais além de Twitter e Facebook. Entrei no Google+, mas achei uma mistura de várias redes já existentes. Mas a Proust me deixou até curiosa. A proposta é diferente até, e é um jeito prático e fácil de guardar alguns bons momentos :)
É, quem sabe.

(vi aqui).

Há uns meses eu postei aqui no blog a ação conjunta que a Melissa e a Post-it fizeram na galeria Melissa (Oscar Freire – SP), onde 500 mil folhas de Post-it foram coladas nas paredes para decorar a galeria.

Dando continuidade a essa ação, a Melissa fez uma animação utilizando 350 mil folhas de post-it na fachada da galeria, para divulgar o lançamento da nova coleção “Power of Love”. Tudo foi fotografado passo a passo, por 25 animadores em um período de 5 meses.

Além do filme criado, a ação teve uma outra surpresa: foram mais de 30 mil mensagens de amor espontâneas deixadas pelos visitantes e fãs de Melissa.

A animação ficou linda! Usa muito bem os componentes da Melissa, e causou uma reação emotiva no público (tanto nos consumidores quanto nas pessoas que passam pelo local). Além disso tudo, foi uma ótima maneira de fazer com que as duas marcas, Melissa e Post-it fiquem marcadas na mente do consumidor. Acaba gerando um vínculo: os que veêm post-it lembram da Melissa e vice-versa. Claro que eu sou extremamente suspeita pra falar, já que tenho pacotes de Post-it espalhados pelo meu quarto e aonde eu trabalho, e sou apaixonada pelos sapatos da Melissa. Mas ainda assim, parabéns pela genialidade.

(e eu definitivamente preciso conhecer a galeria.)

(vi aqui).

Um dos maiores problemas de se ter filho (ou filhos) é ir viajar. Existem muitos detalhes que devem ser pensados antes de se definir o local, como recreação, alimentação, custos extras…Mas acho que nenhum desses “problemas” se compara a ter uma criança extremamente intediada em uma viagem feita de carro. Como todos nós já fomos crianças um dia, sabemos muito bem como é ficar 2h (que se transformam numa eternidade) sem ter muito o que fazer.

E a Toyota, pensando nos pais que escutam “tá chegando?” umas 100 vezes em menos de 30 minutos, criou a divisão ToyToyota.

O primeiro produto da linha é um aplicativo para IPhone, extremamente simples. Usando o GPS, o app Backseat Driver transforma as ruas em um jogo, usando o IPhone como volante e coletando ítens pelo caminho.

O caminho virtual acompanha o carro dos pais e, conforme a criança vai acumulando pontos, ela pode ver seu personagem crescer e mudar suas características, acrescentando acessórios.

O download já está disponível e é gratuito na AppStore. :) O vídeo abaixo mostra melhor como o aplicativo funciona.

(vi aqui).

De olho na Copa de 2014, a Ambev aumentou ainda mais seus investimentos no futebol. Usando a Brahma, que já é patrocinadora do Mundial da FIFA, da Seleção Brasileira de Futebol e da Copa América (apoia cerca de 26 clubes), a marca lançou uma plataforma oficial de incentivo ao esporte. O principal objetivo reforçar a presença da Ambev, para que seus produtos se tornem os preferidos entre os torcedores.

A ação inicial da Ambev foi entrar em parceria com os times cariocas Vasco, Flamengo, Fluminense e Botafogo, como uma das principais ações da campanha, que visa melhorar a estrutura dos clubes brasileiros e a conexão com os torcedores. Para os times citados acima, a Ambev reformou os vestiários, salas de musculação e os centros de treinamento. Para reforçar o relacionamento com os torcedores, serão lançadas latas temáticas de cada time.

Para as redes sociais (a principal aposta da Ambev), a empresa lançou 4 perfis no Twitter, Facebook e Youtube, para os 4 times cariocas: BrahmaFla, BrahmaFlu, BrahmaFogo e BrahmaVasco. A ideia dos perfis é manter um contato direto com os torcedores, além de oferecer conteúdo, promoções e vídeos.

Além dos investimentos realizados no Rio, os times mineiros Cruzeiro e Atlético também contam com as latas temáticas. A Ambev também ficará responsável pela reforma do centro de treinamento do Cruzeiro, e ficará responsável por uma ação feita com os torcedores, que escolherão o novo benefício para o clube, que poderá ser uma sala de musculação ou um vestiário.

Uma outra iniciativa lançada pela Ambev é o “Brahma na comunidade”, um projeto que ajuda com contribuições e reformas no campo da comunidade, implanta ações de consumo responsável, desenvolve atividades de lazer e cultura e cria programas de geração de renda e reciclagem.

A ação foi lançada dia 12/07/2011, e terá início no Rio de Janeiro, como projeto piloto, que destinará em um ano R$ 200 mil à  comunidade vencedora do edital.

O projeto conta como parceiro o ex-jogador Cafu, que foi eleito o Embaixador de Responsabilidade Sociail, e estará presente em todo material de divulgação sobre o consumo responsável da cerveja e em ações em parcerias com ONGs. O lema da ação é “A regra é clara:  menor de idade não pode beber”.

A Ambev conseguiu inovar, agir de forma inovadora, fazendo com que a Brahma tenha um posicionamento diferente de suas concorrentes, que sempre relacionam cerveja + mulher + futebol. Uma ação maravilhosa, que ainda ajuda comunidades carentes, incentivando a prática do esporte e conscientizando os moradores. Quer jeito melhor de fixar a marca na mente do consumidor?

(vi aqui).